quinta-feira, Julho 26, 2007

"Fando & Lis" - ESTRÉIA


O absurdo do mundo do dramaturgo espanhol Fernando Arrabal não nasce do desespero do filósofo em busca de penetrar o segredo da existência, mas do absurdo das suas personagens que vêem a situação humana com os olhos da simplicidade ou imediaticidade infantil, que não permite uma maior compreensão da realidade do objecto observado. Também como as crianças, os seus personagens são por vezes cruéis, porque não compreenderam ou sequer tentaram compreender a existência de uma lei moral. E assim, como as crianças, eles sofrem a crueldade de um mundo como flagelos incompreensíveis.

Em Fando e Lis, o personagem Fando empurra a sua amada Lis, que é paralítica, numa cadeira de rodas a caminho de Tar. Fando está preso a acessos de extrema violência e, no seguinte instante, com uma evidente sinceridade, ele ama Lis profundamente, mas ao mesmo tempo ela irrita-o por ser para ele uma pesada carga. Mesmo assim, Fando procura diverti-la tocando em seu tambor, e cantando a única canção que sabe, a canção da pena.

Fando e Lis encontram um trio de personagens - Mitaro, Namur e Tosa - que carregam um guarda-chuva permitindo pôr uma distância perante este drama e acrescentam um toque de "ligeireza ', surrealismo e uma comicidade inquietante. Uma vez que eles são a cumplicidade e excrescência da intimidade com Fando, não entrarão na intimidade de Lis.

Eles também estão a caminho de Tar. Assim como Fando e Lis, parece quase impossível que estes personagens encontrem o seu destino, pois, em vez de chegarem a Tar, ficam sempre rodando em torno do ponto de partida. Tar, o local onde a dor, a doença, a dúvida, o frio desaparecerão. O paraíso. Afinal, algo que todos procuramos...ali tudo será diferente.
“Há nesta escrita uma crueldade, uma profunda aflição, uma poesia palpitante e tangível, sem julgamento. Uma brutalidade mórbida de uma infância perdida e desventrada…um espectáculo inquietante. Este drama produz-se todos os dias”.


Ficha Técnica:

Jorge Martins…………………………..Fando
Isadora Faustino………………………Lis
Susana Gonçalves……………………Tosa
Alexandre Campos……………………Namur
Ricardo Alves…………………………..Mitaro

Encenação…………………………..William Gavião
Designer Cartaz………………………..Alexandre Campos
Selecção Musical………………………William Gavião
Figurinos e Adereços………………….A Turma
Produção…………………………….…A turma e Cair-te Teatro / Teatro Reactor

Apoios:
Câmara Municipal de Matosinhos Museu da Quinta de Santiago

- ENTRADA LIVRE -

Recomenda-se levar roupa quente, uma vez que, sendo a peça ao ar livre, e tendo em conta a localização do espaço, fica particularmente frio, apesar da altura do ano que atravessamos

Partilhar: